CURIOSIDADES SOBRE A IDADE ANTIGA

Você está no lugar certo, confira alguns dos melhores conteúdos abaixo.

Quando entramos no estudo da antiguidade ou da antiguidade, é bastante comum ouvir que esse período histórico é marcado pelo surgimento das primeiras civilizações. Geralmente, ao adotar a expressão “civilização”, existe uma terrível confusão que coloca as pessoas dessa época em uma condição superior em comparação com outras culturas do mesmo período.



De fato, a existência de uma civilização não tem nada a ver com essa idéia equivocada de que existem pessoas “melhores” ou “mais evoluídas” que as outras. O surgimento das primeiras civilizações simplesmente marca a existência de uma série de características específicas. Em geral, uma civilização se forma quando apontamos para a existência de instituições políticas complexas, uma hierarquia social diversificada e outros sistemas e convenções que se aplicam amplamente a uma população.

Ao contrário do que se possa imaginar, não podemos apontar para uma localidade específica onde encontramos a formação das primeiras civilizações da história. O processo de fixação e desenvolvimento de relações sociais ocorreu simultaneamente em várias regiões e foi marcado pelo contato entre civilizações, bem como pela incorporação de duas ou mais culturas na formação de outra civilização.

Referindo-nos ao mundo oriental, podemos observar o desenvolvimento das antigas civilizações chinesa e indiana. Começando mais a oeste, localizamos a formação da civilização egípcia e os vários povos que dominavam a região da Mesopotâmia, localizada perto dos rios Tigre e Eufrates. Também conhecidas como civilizações hidráulicas, essas culturas agrupavam grandes populações que sobreviveram à exploração de águas e terras férteis presentes à beira do rio.

Na parte ocidental do planeta, a ênfase está geralmente no surgimento da civilização greco-romana. O prestígio dado aos gregos e romanos é justificado pela forte e visível influência que esses povos tiveram na formação dos vários conceitos, instituições e costumes que permeiam o Ocidente como um todo. No entanto, devemos também dar a devida ênfase aos maias, astecas, incas e olmecas que emergem no continente americano.

Sem dúvida, o estudo das civilizações antigas é importante para que possamos entender melhor as várias características que nossa cultura assume hoje. No entanto, de outro ponto de vista, o estudo da antiguidade também abre caminho para combatermos os valores e parâmetros que antes eram comuns a alguns homens e hoje estão tão distantes do que vivemos. É praticamente infinito o leque de conhecimentos que se aplica a esse período histórico.



Autor

  • Fábio Soares

    Meu nome é Fábio Soares e sou apaixonado por compartilhar conhecimento e ideias. Com uma experiência de 12 em escrita, dedico-me a trazer conteúdos relevantes e informativos. Além de ser escritor para este blog, sou jornalista formado sempre em busca de novas perspectivas e aprendizados.